Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

5.2.06

"Bill Gates em Medrões"

"No dia em que Bill Gates se passeou por Lisboa, um canal de televisão, não recordo qual, decidiu fazer uma breve reportagem por Trás-os-Montes. Não sei se foi de propósito ou por coincidência, mas foi apropriado. Os jornalistas apresentaram-se em Medrões, aldeia e freguesia de do concelho de Santa Marta de Penaguião, distrito de Vila Real. Visitaram a escola primária que recebe, pelo que se percebeu, duas a atrês dezenas de crianças da localidade e da vizinhança. Trata-se de escola tipicamente rural. Uma senhora, mãe ou professora, informa que a escola tem já banda larga. Mas os alunos têm de se deslocar a pé, alguns a dois ou três quilómetros, pois não há transporte público, nem sequer municipal. Por aqueles lados, para que se saiba, quando faz frio... faz frio! E quando chove... chove! A escola não tem facilidades para tomar refeições, pelo que as crianças têm de ir a casa almoçar e voltar para as aulas da tarde. Para muitos, quatro percursos por dia, cinco a dez quilómetros entre caminhos de montanha e estrada nacional com curvas e carros. O abastecimento de água faz-se a partir de um poço, pelo que os alunos, por precaução, levam consigo umas garrafas de água potável. Soubemos também que a escola, perto da estrada, não tem vedação nem protecção. Segundo informa a cidadã, quando sai uma bola fora do recreio e cai na estrada, os miúdos, com a imprevidência habitual, correm a apanhá-la. Mas, o motivo de orgulho, a escola tem banda larga!."

in "Público", António Barreto, 5 de Fevereiro de 2006, Séc. XXI