Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

14.4.06

Assimetria de informação


(The Crucifixion of Saint Peter, Caravaggio, 1600-1601)

"É normal e frequente que, numa transacção, uma das partes intervenientes esteja mais bem informada que a outra. Na liguagem dos economistas, esse fenómeno é conhecido como assimetria de informação. É comummente aceite como uma verdade do capitalismo que uma pessoa (normalmente um especialista) possa, em geral, saber mais do que outra pessoa (normalmente um consumidor). Mas, na realidade, actualmente, as assimetrias de informação têm, por toda a parte e nos mais diversos campos, sido mortalmente feridas pela Internet.

A informação é a moeda corrente da Internet. Como meio de comunicação, a Internet é tremendamente eficiente em transferir informação das mãos de quem a tem para as mãos dos que a não têm.

(...)

A Internet mostrou-se particularmente frutífera em situações em que um encontro cara a cara com um especialista pode exarcebar o problema da assimetria de informação - situações em que um especialista pode usar a sua vantagem em termos de informação para nos fazer sentir estúpidos, ou precipitados, ou superficiais, ou, até, ignóbeis."

"Freakonomics - O Estranho Mundo da Economia", Steven D. Levitt e Stephen J. Dubner