Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

30.4.06

Cascatas naturais


(Judith Beheading Holoferns, Caravaggio, 1598)

"(...) Imaginemos um esquema funcionando por grupos de cinco níveis (cada um encaixando no nível seguinte, até fazer uma pirâmide tendencialmente infinita), em que cada angariador tem que arranjar mais quatro...

Cada aderente tem que pagar 100 euros para entrar no jogo. Desses 100 euros, 25 vão para quem angariou, 25 para organização (podendo, ainda, parte ser canalizada para o topo da pirâmide) e 50 serão divididos pelos angariadores do angariador até cinco níveis acima. O aderente terá agora que recrutar mais quatro, recuperando o seu investimento (25 euros recebidos de cada um dos quatro recrutados) e esperando que os quatro que recrutou, recrutem dezasseis e assim sucessivamente. Colocado no primeiro dos cinco níveis, o aderente, agora angariador e já com o investimento inicial recuperado, receberá 160 euros dos primeiros 16, 640 euros dos 64 recrutados pelos 16, 2 560 euros dos 256 recrutados pelos 64... até receber um total de 54 560 euros! Mas vejamos quantos é que os últimos 4 096 a aderir à pirâmide terão que recrutar: 4 x 4 096 = 65 536! E estes últimos patos terão que encontrar quantos patos? 262 144! E estes patos? 1 048 576 novos patos! E estes? Mais ou menos a população activa portuguesa. Pois é, os últimos a entrar não se vão safar."

"Contos de Colarinho Branco", Paulo Morgado