Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

29.4.06

Matemática aplicada


(The Luncheon of the Boating Party, Pierre-Auguste Renoir, 1881)

"Alguém (o 'Receptor') recebe uma carta com cinco nomes inscritos. Nessa carta diz-se ao Receptor para enviar um euro a cada um dos nomes aí indicados e, ao mesmo tempo, fazer uma nova carta. A nova carta deverá conter cinco nomes resultantes da execução dos seguintes passos: remoção do primeiro nome da lista recebida, seguida da subida de todos os restantes quatro nomes e da aposição do nome do Receptor em último lugar. A nova carta deverá ser enviada para duzentos destinatários diferentes (naturalmente, sem dinheiro lá dentro), contendo todas as instruções atrás referidas.

(...) Se a taxa de resposta for de apenas 5% (isto é, apenas dez dos duzentos que recebem continuam a jogar o jogo) e a quantia a enviar de um euro, a expectativa de ganho é de 10 + 100 + 1 000 + 10 000 = 111 110 (euros). Porquê? Porque dez dos duzentos que receberam a carta enviam um euro para a lista de cinco nomes contendo o nome do Receptor em quinto lugar e uma nova carta para mais duzentos; desses dois mil assim contactados (10 x 200), cem (5%) enviam um euro para uma lista de nomes contendo o nome do Receptor (que recebe mais 100 euros) em quarto lugar e uma nova carta para mais duzentos... e assim sucessivamente, até o nome de Receptor sair da lista..."

"Contos de Colarinho Branco", Paulo Morgado