Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

12.8.07

Documentos: Teoria da Relatividade

A energia é igual à massa vezes o quadrado da velocidade da luz. Quer o espaço, quer o tempo são relativos. A única coisa que não é relativa, mas absoluta, é a velocidade da luz. Se tudo é relativo, com excepção da velocidade da luz, então até a massa e a energia são relativas. Pode-se transformar matéria em energia e energia em matéria, mas se um objecto se aproximar da velocidade da luz, o tempo contraí-se e a sua massa aumenta, dando lugar a energia do movimento à massa. Conclusão: nenhum objecto pode atingir a velocidade da luz, porque a sua massa tornar-se-ia infinitamente grande, exigindo uma energia também infinita para movimentar esse objecto. Daí que a velocidade limite do universo é a velocidade da luz. Albert Einstein (14/03/1879 - 18/04/1955)