Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

4.5.09

Momentum: "Carpe diem" (62)


Semana passada no “caderno do quotidiano” com (1 e 2) a Feira do Livro a abarrotar de gente e “só” com José Eduardo Agualusa (Leya), Pepetela (Leya), António Lobo Antunes (Leya), General Loureiro dos Santos (Publicações Europa-América), Rui Marques (Porto Editora), do MEP (Movimento Esperança Portugal), Alice Vieira (literatura infantil), Luísa Ducla Soares (literatura infantil); com (3) uma efeméride de 15 anos (comemoro o Dia do Trabalhador a 2 de Maio...), ilustrada com o bilhete de Metro de 15.10.2003 que permitiu limitar um período no tempo da carreira profissional; com (4 e 5) o quotidiano familiar ao serão e que termina, na verdade, como começou, à falta de melhor, com (6) a arquitectura urbana do parque de escritórios de Miraflores: Torre Monsanto (CapGemini), edíficio Vitoria Seguros e Clínica S. Vicente de Paula entre outros.

Etiquetas: