Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

14.6.09

Cinefilia: "Paranoid Park" (2007)

Alex Tremoin (Gabe Nevins) é um jovem skater de 16 anos, cujos pais estão em processo de divórcio, que tem de ser responsável pela mãe e o irmão mais novo de 13 anos, lidar com a pressão sexual da sua jovem namorada e ainda, ou sobretudo, com o sentimento de culpa de acidentalmente ter cometido um crime ao bater violentamente com o skate num segurança dos caminhos-de-ferro que viria a provocar a queda deste na linha e a sua dilaceração por um comboio. De certa forma, este filme fez-me lembrar o sentimento de culpa do jovem estudante russo de Direito Rodion Romanovich Raskólnikov depois de assassinar premeditadamente a agiota Alyona Ivánovna e a sua irmã Lizaveta Ivánovna, sem premeditação, na obra Crime e Castigo de Fiódor Dostoiévski. Paranoid Park (2007), filme independente, realizado por Gus Van Sant.

Etiquetas: