Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

21.8.09

Ipsis dixit: A subtileza do pensamento (3)


“Quando o comerciante analfabeto, talvez desdenhoso, já conquistou com arrojo e trabalho a sua cobiçada folgança e independência, passando a ser admitido nos círculos da riqueza e da moda, volta-se por fim, inevitavelmente, para aqueles círculos ainda mais elevados e inacessíveis do intelecto e do espírito, momento em que percebe a imperfeição da sua cultura a par da vaidade e insuficiência de todas as suas posses, e manifesta, daí em diante, o seu bom senso esforçando-se no sentido de assegurar aos filhos cultura intelectual cuja falta sente de modo agudo; e é assim que se transforma no fundador de uma família.” (p. 121)

Henry David Thoreau, Walden ou a Vida nos Bosques, Antígona, Março 2009

Etiquetas: