Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

3.9.09

Momentum: "Carpe diem" (97)


Ele há coisas do catano (gosto desta palavra). Coincidências certamente, acasos. Isto por vezes corre mal e os britânicos têm uma expressão que significa blowback cuja irmã gémea nacional é o chamado tiro pela culatra. Para quem não saiba, já há quem esteja vacinado contra a gripe A. No campeonato da diáspora, Portugal já deve ser o melhor do mundo. Também o BCE manteve hoje as taxas directoras, porque isto de retoma é só para grandes economias como a francesa, alemã e... portuguesa (0,3%). Claro que há sempre aqueles que oscilam entre a depressão profunda e a euforia máxima e pensam que daqui a dois ou três meses já temos a Euribor, dos actuais 1%, nos 4 ou 5%. Também hoje despedimo-nos de Tutankhamon e eu tentei atirar-me a um Faulkner mas desisti, talvez fosse porque era qualquer coisa em Agosto e já estamos em Setembro. Quem sabe? Vou-me atirar ao Verkhovenski e Stravogin que pararam a metade no final das férias.

Etiquetas: