Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

24.10.09

Momentum: "Carpe diem" (139)


Enquanto o João Malheiro descansa, assisto ao Liverpool 1 – Manchester United 2, de 9 de Novembro de 2003, na ESPN (i esse pi ene) Classic, the world’s cups FIFA, quando o Liverpool ainda jogava com ingleses, o Man Utd não tinha o CR7 e o CR7 ainda não era CR9, nem ala Madrid, nem “mãe soltem os fogos”. Porque “(..) embora ultimamente o seu interesse fossem os rostos verdadeiros. (...) Sempre (...) se instalava em qualquer lado com o seu grande bloco de desenho com lombada em espiral e a sua lapiseira e começava a esboçar as pessoas que se encontravam perto. (...) O truque para fazer aquilo residia no facto de ele ser o rapaz calmo, sério e simples que era.” (Philip Roth, A Conspiração Contra a América) Sendo que o novo romance de Saramago sai a cinco euros o parágrafo e não é porque o livro seja caro.

Etiquetas: