Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

7.11.09

Cinefilia: "Geronimo: An American Legend" (1993)

Um apache, para quem o silêncio era um prazer, conseguia estar 48 horas sorvendo água de cactos, cavalgava até à morte e depois comia o cavalo. Goyakla (Wes Studi), ou Geronimo (1829 – 1909) para os mexicanos, foi o mais aguerrido apache chiricahua. No filme apenas confia cegamente no experiente tenente Charles Gatewood (Jason Patric) – homem que, segundo o chefe dos batedores índios Al Sieber (Robert Duval), “não gostava de quem defendia e não odiava quem combatia” –, moderadamente no jovem neófito segundo-tenente Britton Davies (Matt Damon), e a espaços no famoso General George Crook (Gene Hackman), conhecido pelos apaches como Nantan Lupan e que viria a ser substituído pelo menos idealista e também redutoramente confiável General Nelson Miles. Os apaches, ao contrário de outras tribos norte-americanas, não eram guerreiros de planície, mas das montanhas. Geronimo: An American Legend (1993), realizado por Walter Hill, é uma versão light da verdadeira lenda que era Geronimo (em castelhano) tão poeticamente retratado no livro de Forrest Carter, Procurem-me nas Montanhas.

Etiquetas: