Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

5.11.09

Momentum: "Carpe diem" (146)


Às páginas tantas, que é como quem diz na página 430, parecia que o Langdon iria finar-se. Pensei: “querem ver que vamos ficar entregues só ao Tomás Noronha?” Mas, o Langdon não se finou, antes se confinou. Confinou-se, na página 466, a um tanque de “perfluorocarbonos oxigenados”, também chamado “Ventilação Líquida Total (VTL)”, ou seja, “líquido respirável”. Está cada vez mais engraçado este Dan Brown. É ele e os Toffees, ou, se quiserem, os Blues, que de Goodison Park pediram doze mil euros às nossas rádios pelo relato dos passes de tango do quarteto Di María, Aimar, Saviola, Cardozo. As nossas rádios não foram, relataram via transmissão televisiva, e revelaram assim a “face oculta” da crise. Não de Liverpool, mas de Londres, o dr. Vale e Azevedo manda saudades através do adiamento do processo de extradição, porque não conseguiu ainda encontrar advogado de defesa. O BCE reuniu hoje mais uma vez para deixar tudo como estava e, assim de repente, já não há tiros na favela de Jacarezinho, nem em Alvalade. O défice segue em alta. E assim sucessivamente.

Etiquetas: