Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

25.2.10

Momentum: "Carpe diem" (221)


O acaso e a fortuna são verdes, desde que o Rui Patrício foi à outra área cabecear a bola que bateu no ombro de um jogador adversário holandês antes do golo que apurou a equipa para a fase seguinte, até culminar hoje com o Matías Fernández que, ao segurar a bola na grande área adversária, esperando que o jogo terminasse, inadvertidamente introduziu-a dentro da baliza adversária e passando pela manutenção do quarto lugar do campeonato nacional à custa da perda de pontos entre os concorrentes mais directos como o Marítimo 1 – Nacional da Madeira 1 da penúltima jornada ao anterior U. Leiria 0 - V. Guimarães 0 e ao próximo V. Guimarães vs. Nacional da Madeira. Se O Diabo Veste Prada, a sorte anda esverdeada.

Etiquetas: