Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

10.3.10

Momentum: "Carpe diem" (233)


Já houve um tempo que se valorizava excessivamente o saber da experiência feito e menosprezavam-se os jovens profissionais das diferentes áreas de actuação, recém-provenientes das universidades, com a justificação de muito saber teórico, mas escassíssima prática. Chegou a hora dos ambiciosos jovens "turcos", sofisticados, de iPhone numa mão, Montblanc Meisterstück noutra, laptop MacBook ao colo, férias de Inverno na neve e exóticas de Verão, carradas de buzwords e que não se medem aos palmos, mas pela área do gabinete ou da acessibilidade do lugar de estacionamento. Por outro lado, posso ser eu que estou a ficar velho e rezingão. Ou talvez não. (Juro que ouvi, no dia da cerimónia da entrega dos Óscares em Hollywood, a TVI informar que a transmissão mundial seria para mais de 200 países.)

Etiquetas: