Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

26.4.10

Momentum: "Carpe diem" (265)


Os Portugueses mostraram hoje a sua indignação nos cafés, nos transportes públicos, nos escritórios, com o diferencial das Obrigações do Tesouro (OT) nacional a 10 anos face às obrigações do Estado alemão a disparar para mais de 200 p.b. e o mercado de capitais (PSI 20) a afundar 3,17%, nunca jamais imaginaram que a simpática apresentadora do Preço Certo, a checa Lenka, pudesse ter sido uma stripper. Só pode ser mais uma provocação de Vaclav Klaus a Portugal. Enquanto isso, eu ouvi – com estes olhos que a terra há-de comer – numa reunião, severas críticas à falta de proactividade de, digamos, um departamento que tem apenas duas pessoas, ou melhor um casal, e deveria de ter pelo menos quatro, vá-lá três e fecha-se o negócio. No mesmo dia em que, com pompa e circunstância, foi lançada uma solução para resolver um problema que se veio a revelar uma mão cheia de nada, tal como aquelas inaugurações políticas à pressa onde jamais existiu obra e existem sérias suspeitas que venha a existir.

Etiquetas: