Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

13.5.10

Momentum: "Carpe diem" (278)


No auge da Guerra Fria, o equilíbrio de poder entre a duas superpotências poderia ser quebrado com um conflito em escala. A um ataque convencional sucederia a resposta sob a forma de um contra-ataque convencional. O grau último da escala seria o inevitável e definitivo para a humanidade ataque nuclear. O governo português acaba de adoptar o mesmo método quando apresentou o PEC aprovado em Bruxelas, cujas medidas vieram a revelar-se insuficientes, tendo dado conta disso os mercados com a subida das yields das Obrigações do Tesouro e as agências de notação financeira com a subida do rating da república (não necessariamente por esta ordem), que originaria a escalada das medidas de austeridade. A uma resposta desfavorável dos mercados, com o aumento do diferencial de juros para as Bund (obrigações do Estado da Alemanha), e das agências de rating, suceder-se-ão novas medidas de austeridade com a inevitabilidade de aumento de impostos. Deve ser este o conceito nacional de economias de escala aplicado à república. The sky is the limit.

Etiquetas: