Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

14.5.10

Momentum: "Carpe diem" (279)


Nos interstícios da euforia da semana dezanove que começou com a vitória do glorioso Benfica nas ruas e da águia “Vitória”, a fazer companhia à cinza vulcânica, nos céus, e continuou com uma convocatória de anónimos na selecção do professor Carlos Queiroz para a África do Sul e a visita de S. S. o Papa Bento XVI, houve o aumento de um e meio por cento do IRS para quem ganha mais de 2 375 euros/mês; de um por cento para quem ganha mais do salário mínimo (475 euros); da taxa máxima do IVA de 20 para 21 por cento e do IRC de 25 para 27,5 por cento nas empresas com lucros tributáveis superiores a 2 milhões de euros. Se isto não é uma semana típica do séc. XXI, o que será?

Etiquetas: