Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

17.5.10

Momentum: "Carpe diem" (283)


“Ridendo castigat mores”. (“A rir se castigam os costumes.”) O pior que pode acontecer é fazer-se humor com assuntos sérios, mesmo admitindo que na próxima quarta-feira o Estado português vai necessitar de doze e meio Di Marías, dez David Luizes e um pouco mais de oito Óscar Cardozos para se refinanciar, ou seja, para pagar dívida com mais dívida. E o respectivo serviço de dívida. O riso, como diz numa entrevista à revista Ler o escritor Mário de Carvalho, “é uma forma de resistência. Não há nenhuma tirania que suporte que se riam dela e das suas imposições. (...) O riso tem sempre qualquer coisa de desafiante e de subversivo. (...) De facto, o poder habitualmente aposta na solenidade. O riso é um desafio a isso.”

Etiquetas: