Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

18.10.10

Momentum: "Carpe diem" (381)


Faz hoje 227 anos que desapareceu Cavaleiro de Oliveira (Francisco José de Oliveira, 1702 – 1783), autor do cada vez mais contemporâneo Discurso Patético Sobre as Calamidades Presentes Sucedidas em Portugal (1756) que disse ser “preciso dar crédito e autoridade à razão para que o acaso se não constitua soberano”. E tal como há peixes sem espinhas, os ovos não são necessariamente chocos e despistado a tempo o sarampo, a Fátima Campos Ferreira, o José Carlos Malato, a Sónia Araújo, o Manuel Luís Goucha, a Júlia Pinheiro e a Fátima Lopes ou a aprovação do Orçamento não são senão uma doença benigna.

Etiquetas: