Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

30.10.10

Momentum: "Carpe diem" (388)


Ainda estou arrepiado com tudo o que se passou, eu ontem a divagar sobre coisas menores ali no post abaixo, precisamente àquela hora em que se fazia história em Portugal. Daquela história que jamais tão depressa será esquecida. Aqueles marcos que assinalam um momento único para um país e para todo um povo que oscila entre o consenso de sete mil milhões de euros do BPN e a ruptura de quinhentos e quinze mil milhões de euros de dívida externa. E o desenlace acontecia por volta das oito e vinte e nove da noite. Aos catorze minutos duma cerimónia solene, o argentino Pablo Aimar dá de véspera os parabéns pelo quinquagésimo aniversário do mito Diego Armando Maradona.

Etiquetas: