Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

3.11.10

Momentum: "Carpe diem" (390)


Ontem, na Luz, depois do Benfica A ter ganho por quatro a zero em setenta e cinco minutos, o Benfica B perdeu por três a zero em quinze. Dúvidas houvesse e teriam ficado esclarecidas quanto às (deixem-me ir buscar um eufemismo) insuficiências do banco de suplentes após o resultado da substituição de Kardec por Weldon (!), Saviola por Franco Jara e Carlos Martins por Felipe Menezes. Claude Puel começou o jogo a defender um empate que apurava o Lyon e foi penalizado por quatro vezes enquanto manteve essa estratégia. Jorge Jesus acabou a defender o resultado avolumado e foi penalizado por três vezes até ser salvo pelo providencial apito final. Já deviam de saber que “quem ousa, vence!”

Etiquetas: