Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

5.11.10

Momentum: "Carpe diem" (392)


Tal como a peste na Idade Média ou a gripe espanhola no início do séc. XX, a competição (e não a SIDA, a gripe das aves ou o H1N1) é a praga do séc. XXI. Começa a matar muita gente quando são produzidos automóveis, até agora considerados pela sua segurança e fiabilidade, como a Toyota ou a Volvo, sujeitos a constantes recalls. Quando há low-costs que equacionam fazer os passageiros viajar de pé, ou quando uma simples máquina de lavar loiça avaria dois meses depois de adquirida e o livro das Publicações D. Quixote que estou a ler leva cinco erros ortográficos crassos em duzentas e oitenta páginas, certamente consequência da dispensa dos serviços do revisor.

Etiquetas: