Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

19.12.10

Momentum: "Carpe diem" (417)


Em O Detective Moribundo, Victor Savage, financeiro do Banco Oxford & Lombard, vivia enfastiado com o seu trabalho, porque era apaixonado pela poesia e procurava no ópio a depuração dos sentidos. Era um romântico, no sentido estético do termo, mas “o romantismo, tomado como poção literária, não tem condições para sobreviver na época em que vivemos. E não tem condições para sobreviver em estado de lucidez mental e segurança em época nenhuma. A sociedade existe. A sexualidade existe. E o romantismo, como genial triunfo da Ideia, põe o mundo entre parênteses, o que talvez não seja possível depois da adolescência.” (Pedro Mexia, Nada de Melancolia, Tinta da China, Dezembro 2008, p. 36)

Etiquetas: