Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

30.12.10

Momentum: "Carpe diem" (422)


“Pessoa prática, determinada e com uma personalidade pouco aberta a mudanças. Esforça-se por aquilo que pretende alcançar e não desiste dos objectivos a que se propõe. Obstinado, raramente desiste das suas metas. Possui ideias fixas e mostra-se firme e determinado quando assume uma posição. Nem sempre aquilo em que se aplica é fácil, mas como tem grande capacidade de dar a volta por cima, derruba os obstáculos com garra e coragem. Apesar de tudo, é muito sincero e generoso, mas não expressa com facilidade o que sente, chegando ao ponto de ser visto como um pouco insensível. Aprecia a determinação e a dedicação a causas justas. Leva a vida muito a sério e, como tal, constantemente se interroga a si próprio se está realmente a cumprir devidamente com todas as suas responsabilidades. Procura alcançar sempre o máximo que lhe é possível, e sabe que tem dentro de si a persistência e a determinação capazes de o levar onde quiser chegar. Apesar deste empenho e da sua inteligência hábil, sente-se muitas vezes inseguro. Precisa de ter perto de si tudo o que valoriza nomeadamente as pessoas que ama. Precisa de disciplina e organização, pois o caos desconcerta-o. Os outros vêem-no como uma força que ninguém consegue demover dos seus intentos. As pessoas delegam geralmente em si grande responsabilidade, porque é visto como uma pessoa muito realista e que não vacila perante as dificuldades. Muitas pessoas confiam-lhe os seus problemas porque confiam nos seus concelhos; outras têm um certo receio dos seus juízos, directos e nem sempre agradáveis de ouvir. Numa coisa, contudo, todos concordam: é praticamente impossível desviá-lo dos seus objectivos uma vez que tenha definido a meta que deseja alcançar.”

Etiquetas: