Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

4.12.10

Momentum: "Carpe diem" (411)


A modernidade de O Sexo e a Cidade revolucionou de uma forma geral as mulheres portuguesas que, desde o negro e o buço, passaram à sofisticação de vestir-se com exuberância para se dar a ver, dançando a acenar com a cabeça para trás e para a frente, para um lado e para o outro, erguendo os braços, e a girar o pescoço para olhar para o ombro muito conscientes de si, quando todos sabemos que, geralmente, nem sempre a mais aparatosa imagem revela a mais intensa felicidade ou consegue esconder as maiores frustrações.

Etiquetas: