Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

31.1.11

Cinefilia: "Nas Nuvens" (2009)

Ryan Bingham (George Clooney) como tantos executivos de sucesso prega uma moral que não pratica. A sua função é comunicar aos colaboradores das empresas que subcontrataram a sua firma, a Carreer Transition Counseling, que estão despedidos, ou, usando o eufemismo do filme (e da vida real), dispensadas, ou ainda, usando o termo hype, alvo de layoff. Procurando atenuar os efeitos psicológicos dessa decisão. Para cumprir essa tarefa, farta-se de viajar por todo o Estados Unidos acumulando milhas que lhe permitirão alcançar o ambicioso objectivo de vida: os dez milhões de milhas aéreas. Acumula essa função com prática de conferências sobre motivação também por todo o país. Um dia é chamado à sede da empresa em Omaha, Nebraska, para tomar conhecimento que uma recém-contratada colaboradora, Natalie Keener (Anna Kendrick) está a implementar na empresa a tecnologia de videoconferência (vc) como forma de redução dos custos, o que colocará em causa todas as práticas até aí adoptadas, com o aval do presidente da companhia, Craig Gregory (Jason Bateman). Irónico é o facto de, quem pretende despedir pessoas por vc, acabar por ser “despedida” pelo namorado por sms. E, apesar de Ryan Bingham defender nas suas conferências de motivação que as pessoas sejam dinâmicas e donas das suas vidas, ele próprio não consegue alterar a sua, sofrendo uma desilusão depois de se apaixonar pela arrojada e sofisticada colega de trabalho, Alex Goram (Vera Farmiga). Up in the Air / Nas Nuvens (2009), realizado por Jason Reitman, é um filme cheio de modernos estereótipos.

Etiquetas: