Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

17.1.11

Ipsis dixit: A subtileza do pensamento (45)


“Pessoa, farto de traduzir a correspondência comercial de empresas lisboetas de import-export, em troca de um salário que dava à justa para sobreviver e embebedar-se todos os dias, tinha vontade de mudar de vida e, já agora, de trocar o seu apartamento no n.º 16 da Rua Coelho da Rocha por Cascais.” (p. 12)

Jacques Bonnet, Bibliotecas Cheias de Fantasmas, Quetzal Editores, 2010 (pp. 164)

Etiquetas: