Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

18.2.11

Momentum: "Carpe diem" (455)


O Egipto neste momento é como aquele jogo da corda em que dois grupos puxam para ver para que lado tomba, tendo ao meio, em vez de uma linha demarcada no chão, o canal do Suez. Num extremo da corda o Ocidente tenta manter o Egipto pós-Mubarak do seu lado, enquanto os fundamentalistas islâmicos persas procuram alargar a sua influência no Oriente. É da História que só o equilíbrio de poderes assegura a estabilidade regional, pelo que a solução também passará pela potência turca, e, se era de carência de liberdade política e do preço das commodities que se queixavam, nem o caso da Lara Logan, nem este aqui, são bons prenúncios.

Etiquetas: