Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

26.4.11

In Limine: Assim tudo começa (24)



“Havia um homem de pé, encostado à parede norte, quase invisível. As pessoas entravam aos pares ou em grupos de três e paravam no escuro e olhavam para o ecrã e depois saíam. Por vezes mal transpunham a soleira da porta, grupos mais numerosos que vagueavam sem rumo até ali, turistas atordoados, e olhavam e apoiavam-se ora num pé, ora no outro, e depois iam-se embora.”

Don DeLillo, Ponto Ómega, Sextante Editora, 1.ª ed., Março 2011 (pp. 120)

Etiquetas: