Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

20.5.11

Momentum: "Carpe diem" (513)

  1. Provavelmente José Sócrates, apesar de todos os erros, dolo, mentiras, suspeitas e falta de entendimento democrático, vai ganhar as próximas eleições de 5 de Junho e o Presidente Cavaco Silva não vai abandonar o seu registo sempre passivo para cometer a proeza de empossar um primeiro-ministro que não seja do partido mais votado.
  2. Pedro Passos Coelho, embora débil líder, tem sido o único líder partidário com inexperiência suficiente para ter um discurso de veracidade nos debates realizados, sem falsas promessas, e que parece cumprir os requisitos do memorando da troika. Apesar das críticas com que alvejou, no passado, a Verdade de Manuela Ferreira Leite e as contradições naturais de quem é mais objectivo e se compromete com algo mais do que as banalidades e generalizações das promessas eleitorais.
  3. Paulo Portas não parece precisar tanto da confiança que mereceu no passado. A soberba em geral dos últimos seis anos aumentou bastante a susceptibilidade à mentira, pelo que ninguém deve gostar de gráficos tendenciosos ou com omissões propositadas.
  4. Não se escolhem partidos, escolhem-se pessoas, porque a ideologia é da troika.

Etiquetas: