Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

8.6.11

Momentum: "Carpe diem" (520)


É confrangedor assistir à colocação em causa da exactidão e rigor prussiano com as acusações levianas e infundadas ao pepino castelhano ou ao rebento de soja. Não haveria a Europa de andar constipada, quando o seu motor está tão engripado.

Etiquetas: