Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

10.7.11

Momentum: "Carpe diem" (531)


A hotelaria e restauração na região de turismo do Allgarve continua a sofrer do mesmo problema, (comum também a muitas empresas nacionais de serviços): os clientes atrapalham muito o negócio. São exigentes, querem trocar de apartamentos, mais uma toalha de banho ou pedem coisas complicadíssimas como meias de leite claras ou sandes de queijo sem manteiga e bicas curtas. Querem ser bem servidos e, como tal, não demonstram consideração pelos abnegados trabalhadores. E, segundo uma fonte local, o problema tem tendência a agravar-se porque cada vez mais o período de férias dilata-se no tempo e a excelsa mão-de-obra é agora obrigada a trabalhar quatro a cinco meses por ano. Não é de agora que constatei que, se não houvesse clientes, podiam-se trabalhar com muito mais descontracção e (até) gosto no atendimento ao público. Mas os políticos parecem pretender contrariar essa evidência continuando a incentivar a fazer férias “cá dentro”.

Etiquetas: