Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

3.8.11

Ipsis dixit: Marcador de livros (42)


“Desapareceriam todas as considerações mundanas, todas as possibilidades de tédio e infidelidade, ninguém sacrificaria a eternidade pela tolice de um quarto de hora e, pela primeira vez, sentiu indelevelmente que o amor era sacramento celestial.” (p. 24)

Robert Musil, Três Mulheres (Colecção Autores Premiados pelo Tempo, jornal Público), Editora Livros do Brasil, 2011 (pp, 156)

Etiquetas: