Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

2.9.11

Bibliofilia: "O Jovem Törless" (1906)

Robert Musil, O Jovem Törless (1906), Colecção Mil Folhas (jornal Público), MEDIASAT / Promoway, Janeiro 2004 (pp. 158). Törless descobre a maldade e também a sexualidade (mais precisamente a homossexualidade) num sinistro e rígido colégio militar do Império Austro-Húngaro, longe da protecção da moral familiar burguesa. Com os companheiros Beineberg e Reiting são capazes de infligir as maiores humilhações, violência física e psicológica e chantagens emocionais ao colega Basini, numa altura em que o bullying ainda não fazia parte do léxico nem das conquistas sociais. Ou como a solidão e o afastamento dos rígidos códigos de conduta podem conduzir às maiores depravações morais.

Etiquetas: