Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

7.9.11

Cinefilia: "O Leitor" (2008)

Tal como Meursault (Albert Camus, O Estrangeiro) que foi condenado à morte por não ter conseguido chorar no funeral da mãe, Hanna Schmidt (Kate Winslet), foi condenada a prisão perpétua por não querer dizer que não sabia ler nem escrever. A vergonha impediu-a de confessar ser analfabeta em pleno tribunal, quando nunca em privado o havia feito. Em 1958, Michael Berg (Ralph Fiennes), aos quinze anos, sente-se mal, vomita, numa rua e é ajudado por uma mulher, Hanna Schmidt. Como reconhecimento da ajuda, visita-a três meses depois de curado da escarlatina e começa uma relação, baseada no sexo e na leitura de obras clássicas como a Odisseia de Homero, com essa mulher de trinta e seis anos, revisora nos transportes públicos. Já no final do anos sessenta, após a sua condenação por ter permitido o extermínio de trezentas mulheres judias em Auschwitz, recebe na prisão inúmeras cassetes gravadas com a leitura de livros (áudio livros) enviadas por Michael, que lhe permitiram aprender a ler, como tímido reconhecimento da influência que teve na sua vida, embora isso não evite o trágico desfecho. O Leitor / The Reader (2008), produzido por Stephen Daldry, é uma inquietante e escrupulosa história de amor proibido repleta de flashbacks (começa em 1995), mas também um hino à honestidade e seriedade de uma condenada.

Etiquetas: