Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

27.11.11

Momentum: "Carpe diem" (619)


Agora que orgulhosamente o fado é Património Imaterial da Humanidade, já só faltam a inveja, o desenrascanço, o facilitismo, a chico-espertice e o “quem não chora, não mama”.

Etiquetas: