Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

7.12.11

Momentum: "Carpe diem" (626)


Seria terrivelmente divertido se, depois de ter exterminado quatro feriados nacionais, dois políticos e dois religiosos, a bem do aumento da produtividade (que, como diz o slogan, não se deve medir pelos passos que se dão, mas sim pela distância que se percorre) e da competitividade, o governo tivesse mantido as tolerâncias de ponto.

Etiquetas: