Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

31.1.12

Momentum: "Carpe diem" (655)


O clássico exemplo de negociação de Mary Parker Follett, onde dois irmãos dividem uma laranja em metade e um acaba por aproveitar os gomos para espremer e fazer sumo e deita fora as cascas e o outro aproveita as cascas para raspar e fazer um bolo e deita fora os gomos, além de ser um exemplo negativo da maximização dos proveitos num negócio win-win, é também uma demonstração do poder da informação e sobretudo uma crítica velada ao facilitismo.

Etiquetas: