Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

5.2.12

Ipsis dixit: Marcador de livros (86)


“Nunca contem nada a ninguém.
Se contam, acabam por ter saudades de toda a gente.” (p. 233)

JD Salinger, À Espera no Centeio (1951)

Etiquetas: