Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

9.2.12

Momentum: "Carpe diem" (659)


Por ocasião do bicentenário do maravilhoso, e também falecido, Charles Dickens, o programa cultural Câmara Clara, como habitualmente ao domingo à noite, convidou duas distintas senhoras estudiosas do autor para falarem sobre a sua extraordinária obra. Uma das questões abordadas foi o das traduções do original, mas, pegando no exemplo ali em baixo, tenho por mim que há alturas em que as coisas, por não soarem bem, era melhor manterem-se mesmo no original.

Etiquetas: