Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

7.7.12

Ipsis dixit: Marcador de livros (108)


“(…) Era por demais evidente que se mantinha calado devido ao sentido da sua própria dignidade.” (p. 44)

Fiódor Dostoiévski, Os Irmãos Karamázov (1880)

Etiquetas: