Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

20.7.12

Momentum: "Carpe diem" (736)


Embora façam um trabalho sobre-humano e absolutamente extraordinário, é sempre penoso e revelador da insuficiência de meios escutar um bombeiro a informar o outro que está “um homem ‘eufórico’ a gritar que a casa está arder.”

Etiquetas: