Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

26.7.12

Momentum: "Carpe diem" (740)


A racionalidade do homem a pedir à mulher para ter calma, vir devagar, e ainda não entrar na farmácia, porque está lá muita gente. E ela emotivamente com evidente desprezo e um sonoro “bah” atravessa a rua e entra na farmácia cheia.

Etiquetas: