Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

26.8.12

Momentum: "Carpe diem" (761)


E naquela época também o camisola 6 era o médio-defensivo (Jonas Thern) e o camisola 10 era o “maestro” (Rui Costa). Nada de novo. Mas o camisola 7 (Diamantino) e o camisola 8 (Pacheco) eram extremos e o camisola 9 (Rui Águas) e o camisola 11 (Mats Magnusson) eram pontas-de-lanças no 4x4x2. Agora, nas actuais equipas, o camisola 8 é o médio de transição, o camisola 11 é o extremo-esquerdo e o camisola 10 é o mais bem pago. E algumas ainda têm o camisola 35, camisola 58 ou camisola 99. Estes últimos, andam lá, mas por pouco tempo. Por exemplo, o Liverpool de Kenny Dalglish, parece ter cedido o meio-campo de Jordan Henderson, Charlie Adam, Jay Spearing e Stewart Downing da época passada, ao actual meio-campo de Joe Allen, Lucas Leiva e Raheem Sterling. Todos de Brendan Rodgers. Sobra Steven Gerrard. He will never walk alone.

Etiquetas: