Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

7.10.12

Momentum: "Carpe diem" (782)


[ Liberalismo económico do séc. XXI. ]

Um país hiperbolicamente sob ocupação estrangeira (bandeira nacional de pernas para o ar) e com as liberdades, direitos e garantias limitados, deveria de abusar menos do bacalhau, importado em doses industriais da Islândia, Noruega e Canadá, do robalo e da dourada, importado da Grécia, e comer mais corvina, atum, pregado e cavala das nossa extensa costa.

Etiquetas: