Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

20.10.12

Momentum: "Carpe diem" (787)


É difícil perceber o que se passa. Há uma série, já considerável, de blogues que, à semelhança das PME nacionais, estão a encerrar. Foi assim com o bonito obituário do erudito Lei Seca do Pedro Mexia (perda irreparável), com o mais político e “enorme” colectivo Cachimbo de Magritte ou do reduzido colectivo a A Douta Ignorância. Será o fim de um ciclo? Virar-se-ão para a rede de adolescentes onde mais se debate a política institucional? Não haverá tempo e tudo o que têm para dizer cabe em menos de cento e quarenta caracteres? Será o fim de um ciclo? Os plurais talvez estejam a sofrer do grave problema dos despedimentos colectivos por extinção do posto de trabalho. Definitivamente, nem as rentrées são as mesmas.

Etiquetas: