Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

1.11.12

Ipsis dixit: Marcador de livros (119)


“Há ocasiões em que Portugal merece ser amaldiçoado. Quando toca a papéis, argueirices, complicações, autoritarismozinhos, sadismozinhos, há que varrer. Eu era mesmo capaz de dizer: invadir. Seiscentos australianos, quarenta suecos e trinta e dois japoneses punham isto na ordem em menos de um fósforo.” (p. 141)

Mário de Carvalho, Fantasia para Dois Coronéis e Uma Piscina (2003)

Etiquetas: