Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

3.11.12

Momentum: "Carpe diem" (798)


O “tuga”, que condena os privilégios dos outros, não por achar uma imoralidade, mas por não usufruir deles na mesma escala e medida, concorda com os sacríficios desde que não tenha de se submeter a eles e assim esses só alcancem terceiros.

Etiquetas: