Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

9.11.12

Momentum: "Carpe diem" (801)


Num mundo em acelerada digitalização e supersonicamente ajustado, dos e-mails, dos SMS, dos Kindler reader, dos iPad, iPhone e iPod, dos e-Books, dos gps e dos tweets e outras bugigangas em itálico, é conveniente que, mesmo o mais empreendedor dos empreendedores, não perca a memória e se torne inconsequente e superficial.

Etiquetas: