Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

4.12.12

Momentum: "Carpe diem" (811)


Na escolha do melhor do mundo, o que deveria de fazer toda a diferença entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi era o desempenho de cada um na respectiva selecção. É que deve ser um conforto muito grande ter na rectaguarda Busquets, Iniesta e Xavi e todo um modelo de jogo catalão que revolucionou o futebol moderno e influenciou de tal maneira a Espanha que a conduziu a campeã da Europa (2008), do Mundo (2010) e novamente da Europa (2012). Como seria Messi no Manchester United e na Premier League? Os troféus de 2009, 2010 e 2011 foram ganhos pelo Messi da Argentina ou pelo Messi do Barcelona? O que condena Ronaldo é a sua idiossincrasia, que a ele o entristece e a nós nos irrita.

Etiquetas: